sábado, 25 de abril de 2009


Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo.


 


E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante.






Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro





E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero.






Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar






Pra recomeçar






Eu te desejo, muitos amigos
Mas que em um você possa confiar






E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar







Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez,
Quem é mesmo dono de quem







Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar






Eu desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar.







No meu ano: Vi minha irmã caçula casar, vi meu sobrinho e afilhado nascer, pulei quadrilha de saia estampa, trancinha e rasteira. AMEI muito meu namorado e descobri da pior maneira possível o quanto eu preciso dele. Fiz amigos, refiz amizades e me apaixonei cada vez mais. Vi meu pai entrar numa igreja linda, numa noite quente, ladeado pela minha irmã mais velha que estava realizando seu sonho. Fiquei pra titia. Vi meu pai sofrer muito e assim fazer toda a família sofrer também. Comecei a trabalhar e ser reconhecida pela minha competência. Fugi para litoral. Tive o jantar romântico mais perfeito do mundo, e mais uma vez o mundo conspirou para que eu fosse mais uma vez a dona de um sorriso que tem um sol. Vi um guerreirinho nascer e lutar por sua vida. Vou ser mãe.


Em 25 de abril de 2008