terça-feira, 30 de março de 2010

Playlist Cruel da Noite Passada:

Nome: Coração Pediu pra Tocar (Oi, eu sou piegas!)

- Juno Soundtrack, Anyone Else But You
(I don't see what anyone can see, in anyone else But you…)

- Anathema, Are You There
(Where are you when I need you...)

- Goo Goo Dolls, Black Balloon
(All because I’m and I’all become what you became to me…)

- Sun Kil Moon, Carry Me Ohio
(I could never care enough in these last days…)

- Howie Day, Collide
(I worry I won't see your face…)

- Michael Kiske, Hearts Are Free
(I’m still here 'cause your heart is true…)

- The Maine, Into Your Arms
(I need to find my way back to the start when we were in love…)

- Radiohead, Fake Plastic Tree
(If I could be who you wanted all the time…)

- Lifehouse, Somewhere In Between
(I wish that it was just that easy…)

- Oasis, Talk Tonight
(You know you can't complain, you took your last chance…)

- Coldplay, Warning Sign
(Yeah the truth is, that I miss you, so…)

- Pink Floyd, Wish You Were Here
(How I wish, how I wish you were here…)


Errr… Deu pra sentir, né?

segunda-feira, 29 de março de 2010





Amigas, agora sou colaboradora do Blog Mia Saloon, e escrevo todas as segundas-feiras sobre esmaltes que são tendência. Tô aguardando a visitinha de vocês lá, ok?





 

sexta-feira, 26 de março de 2010

Pergunte que a Deni responde:

No msn:

[c=13][b]Lara.[/b][/c] {ausente, ó.} diz:
  cara
  me diz como é pegar um fora
  do cara que te diz
  que não quer se comprometer e nem se envolver
  mas isso nao significa que ele não vá ficar nunca mais ctg
  o que tu entende disso?

Deni Brito; diz:
  Olha, tô de dispensando agora... Mas não é o fim não, viu? Qnd eu não tiver mais nada pra fzr eu te ligo pra te dá uma comidinha

[c=13][b]Lara.[/b][/c] {ausente, ó.} diz:
  ééééé
  mas no caso do cara que não te comeu?

Deni Brito; diz:
  Ele só encostou a porta, amiga.
  Qnd der vontade, ou ninguém mais quiser dá pra ele, ele te come
  vc é a reserva dele
  rs

[c=13][b]Lara.[/b][/c] {ausente, ó.} diz:
  ahh
  que legal
  [Insira aqui um emotion que a Lara usa constantemente]
  ahuehuaeihuaeihiuaehiaehaihaiehaiehiueahaiehiaehuiae


 
E a reação da 'cliente' quando viu a postagem foi essa:

[c=13][b]Lara.[/b][/c] {ausente, ó.} diz:
  MERMÃ
  TU ME MATAAAAAAAAAAAAAA
  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  HUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUIHUIAHUIEAHUAIEHUAEIHUI

Mamma Mia



Diálogo entre Dona Mãe e Eu;

- Quando você tem terapia?

[Pausa para explicação: Brasil, eu faço terapia, acho necessário]

- Só semana que vem, mãe. Por que?

- Diga pra sua terapeuta que eu descobri a raiz de todo seu problema.

- Hãããã, foii?

- Tudo começa porque você não sabe abrir e fechar uma gaveta depois. Por conta disso você não consegue concluir nada, e as coisas inacabas se acumulam no seu eu-interior fazendo um grande amotoado de coisas inacabas e isso termina por confundir você.

- Errr, faz sentido, mãe.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Sobre a Estigmatização da Mãe-Solteira

Eu não sou casada. Eu não sou esposa de ninguém. Eu sou mãe, solteira. Isso não implica dizer que meu filho não tem um pai. Ele tem, e ao contrário do que muitos pensam, um pai amoroso, carinhoso e presente. Sou eu que não tenho um papel assinado, ou um outro nome do meu nome de nascença. Meu filho tem nome, sobrenome, sangue e aparência de alguém, além de mim.
Eu nunca imaginei que enfrentaria preconceito porque tenho um filho e não tenho marido. Acho muito mais ridículo ter um filho de um homem casado do que ter um filho de alguém com quem eu não tenho um relacionamento. Meu filho é muito mais meu do que de qualquer outra pessoa.
Ontem, aqui na clínica, um senhor estava conversando com outro senhor que a filha dele estava grávida de um amigo. O segundo senhorzinho ficou visivelmente horrorizado, e eu brinquei com a amiga do setor: Antes com um amigo do que com um inimigo.
Ora, amigos transam entre si e quem transa corre o risco de engravidar. Não seria muito mais indigno pra ela estar grávida de um cara que já tem uma família constituída com sua esposa, filho, cachorro, papagaio e prestação de carro pra pagar? Eu acho que sim.
Eu vivo sendo ovacionada por olhares cheio de curiosidade para minha tatuagem. Alguns não se aguentam, e perguntam: "Namorado?" Prontamente respondo: "Filho" e a pessoa já direciona o olhar automaticamente pro meu anelar esquerdo. Não, meu bem, sou mãe solteira, e ótima mãe diga-se de passagem, com muito orgulho.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Wishlist para meu aniversário! ;)

Próximos mês faço meus 22 aninhos.
Todos: Ohhhh...
Então, como sou uma pessoa bem sensata e legal, eis aqui minhas opções de aniversários. Vocês poderão ver que trata-se de uma lista bem eclética de valores diversos compatíveis com todos os bolsos. Olha só que maravilha, não?

•O primeiro item da lista é o livro Para Francisco de Cristiana Guerra. A escritora conta a história da perda do seu grande amor dois meses antes de ganhar um filho dele.

•O segundo item da lista é o livro Os Segredos de Uma Encantadora de Bebês. Nossa, tô louca por esse livro. Certa vez, fui as Lojas Americanas com o Bráulio e ele estava por apenas 19,99. Ele quis me dá de presente, mas eu não quis esperar a fila. Podre!

•O terceiro item da lista é algo assim que é imprensidível para o bem estar do meu celular. O coitado vive pra cair no chão. Parece que a força gravitacional exerce mais efeito sobre ele mais do qualquer outra coisa no mundo. Então, essa capinha aqui vai ser pra lá de bem vinda!

•O quarto item da minha singela lista é o Perfume Classic do Boticário. Eu AMO esse perfume, ele fez história na minha vida. Sem comentários.

•O quinto e temporariamente último item da minha listinha é um presentinho que não é pra mim, mas é pra mim. Eu vou ter que comprar mesmo esse mês, mas se alguém quiser me presentear para que eu presenteie meu filhote e faça a alegria geral da nação é o Boneco Doki , o mascote do canal Discovery Kids. Theo é louco por ele. Acho que eu também, pra falar a verdade.

Esses são os presentinhos que me farão feliz no meu aniversário que só é dia 25 de abril. Organizem-se! HAHAHA

segunda-feira, 22 de março de 2010

Os 5 Meses mais Doce de Uma Vida Inteira.

Todos os dias eu amanheço com você, com seu burburinho gostoso de quem me diz sem saber "Bom Dia, Mãe". Filho, os últimos cinco meses de nós dois foram os cinco meses mais doces da minha vida inteira, e com o privilégio de que esses meses vão virar muitos anos.
Há dois dias dos seus cinco meses você deu sua primeira gargalhada. Uma que veio da alma, única, sublime, e porque não, perfeita. Era você ali perdendo o folêgo e explodindo de felicidade, mas por dentro que explodia e não cabia em si era eu. Seu pai, mais prático pegou o celular e conseguiu registrar 16seg de um prazer sem fim. Já eu escuto desde então o som delicioso da sua alegria. Esse é o nosso mundo.

Eu amo você, Theo.



sexta-feira, 19 de março de 2010

Eu percebi que eu tenho um sério problema com a expressão “Pra Sempre” e todas as coisas que vem antes do "Para sempre".
Um tal de Vocês serão felizes para sempre. Prometo ser fiel para sempre. Vou te amar para sempre. Você vai ficar sem andar para sempre. Eu vou ficar sem falar com você para sempre.
Pra quê isso tudo, Brasil?
Dá medo essas coisas perenes. Situações perenes, sabe? Uma mulher grávida sabe que a vida dela vai mudar para sempre? Ela vai ter um filho, e um filho é pra sempre né? É para Sempre! E é nisso que eu tenho pensado. No significado das coisas perenes. Situações perenes.
Para sempre é tempo pra caralho, não é? Eu gostaria muito que minha família vivesse para sempre. Mas daí a dizer que o resto das situações também deveriam ser para sempre, ah, não me agrada essa idéia. Me parece uma coisa meio morna, esse tal de para sempre (com a exceção de SER MÃE para sempre). E eu detesto coisas mornas.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Eu sou mãe, e sou mulher.
Desde que voltei as minha atividades obrigatórias e (muito!) necessárias na clínica venho ouvido bastante o famoso "Mas já tá mocinha, hein?".
Daí né. A pessoa esperava pelo quê? Que eu fosse embarangar de vez depois do Theo?
Filho não destroi não, Brasil. Filho constroi!
Taí foto pra provar:

Tô bem melhor que antes da maternidade, Brasil.

E Theo tá melhorando da gripe. Esteve caidinho por uns dois dias. Voltei a urgência com toda pompa, mas desta vez o pessoal usou de ética e bom senso. Porque, né, não guentar dá outro escandalo pra reivindicar meus direitos.
Agora a voz do pequeno já voltou, a tosse tá persistente, mas já tá expectorando, e mamãe aqui já o proibiu de gripar de novo.

segunda-feira, 8 de março de 2010

A primeira febre a gente nunca esquece! Sábado Theo teve a primeira febre com quatro meses, e pra gente que é mãe isso parece bem mais do que realmente é. Cheguei do trabalho e o levei para a urgência do plano dele. Queria que dessem uma olhada na garganta dele, ou no ouvido para saber o motivo da febre. Ao chegarmos lá (o Pai dele e Eu) tinham exatamente 25 crianças para serem atendidas por dois médicos pediatras plantonistas. O jeito era esperar! Quando faltavam umas 18 crianças, percebi uma senhora que chegou, jogou uma conversinha na recepcionista e passou a frente de todos. Aí meu sangue ferveu! Me levantei fui até a recepção e com toda calma do mundo, perguntei: “Querida, quanto a mais aquela senhora ali paga no plano dela para ser atendida preferencialmente?” A recepcionista fez uma carinha de quem não estava entendeu, e aí sim eu perdi toda a minha paciência! Gente, eu odeio escandalo! Trabalho em uma clínica e acho de última quando os pacientes dão piti, mas a coisa muda totalmente de figura quando estou eu lá com meu filho gemendo de uma febre de 38,2° enquanto uma bonitinha que é amiga da recepcionista passa na frente. Eu exigi falar com o administrador, e a tal recepcionista já estava apavorada dizia q ele não estava, então mandei que ela chamasse algum superior dela, nisso outras mães já estavam ao meu lado exigindo que meu filho fosse atendido de imediato. Apareceu uma mocinha e eu me passei para cima dela com o Theo no colo. “Olha minha filha, eu esperaria tranquila por todas as 25 crianças que estavam na minha frente quando cheguei aqui às 14:30hs, mas eu não admito que ninguém passe a frente dos nossos filhos só porque é conhecida da recepcionista! Isso é falta de ética! E outra, eu quero a ficha do meu filho agora, e eu vou ser atendida AGORA pelo médico. O meu filho vai precisar ter uma convulsão pra ser atendido aqui?” Ela justificou dizendo que só haviam dois médicos atendendo, e por isso a demora! Mas lógico que eu sou vacinada, né? Tinha a resposta na ponta da língua: “Pois se há grande fluxo de criança, deveriam chamar mais médicos para cobrir a demanda. Eu tenho certeza que ninguém aqui não esteja pagando seu plano, até porque se atrasa um dia vocês cortam o atendimento!” Acho que ela viu que eu não iria me acalmar enquanto eu não fosse atendida, e foi tirar a temperatura do Theo. Nisso a febre ainda não tinha baixado! E eu fiquei ainda mais nervosa! Minha vontade já era chorar, mas engoli o choro, olhei na cara daquela mulher e disse: “Você vai me atender agora, ou eu vou precisar invadir um consultório desses?” As outras mães estavam todas do meu lado. Olha, eu pago o plano Global Master da Medplan que é o TOP do plano, e eu exijo que meu filho seja bem atendido. Porque se é pra esperar 4 horas por atendimento eu levaria para o SUS mesmo. Quando finalmente entramos, o Theo estava todo molinho no meu colo, ardendo em febre. A médica não encontrou inflamação na garganta e nem ouvido. Mas ouviu um pouco de secreção no peito. Passou a Novalgina Infantil para febre e Melxis para a secreção. Mas se em 24 horas o Theo apresentasse febre acima de 37.5° eu deveria leva-lo novamente para que fosse feito um hemograma. Ele tomou os remédios e dormiu das 20hs até às 09hs da manhã do dia seguinte. Passou o dia de domingo bem, mas ontem a noite apresentou febre novamente, que foi rapidamente controlada pela novalgina. Ele acordou às 3hs da madrugada e ao chorar percebi que ele estava roquinho. Oh, gente. Bebês não deveriam adoecer, é judiação demais! Daria qualquer coisa para estar no lugar do meu filho! Saí de casa hoje para o trabalho com o coração partido, mas sei que ele será bem cuidado pelo Bráulio e por minha mãe.



No sábado fiz minha tatuagem. Era algo que eu queria muito, e há algum tempo. Mas por ser algo definitivo, sempre tive duvida em quê tatuar.



Finalmente decidi. Nada mais definitivo do que o amor por meu filho.

segunda-feira, 1 de março de 2010


O rostinho que eu tenho o prazer de amanhecer todos os dias. Te amo, filho.