sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Na quarta eu fui a consulta com o Dr. Marcelo. Aquela coisa de sempre, estaciona o mais próximo do consultório, passa na farmácia pra comprar água porque aquela águazinha do consultório é muito suspeita para o meu radar. Daí dirigi toda a minha pessoa cheia de ansiedade praquela que seria a minha ultima consulta. E consultório é consultório, né? Gente até onde sua vista pode alcançar. Galera de lá tem um apego com meu médico que é incrível. Mas também o cara é o cara, sabe? Mastologista, Oncologista Ginecológico, Obstetra e Ginecologista. O cara, pra mim até então. Mesmo esquema: Senha-Preferencial-Desculpe-Sou-Grávida-E-Não-Espero-Como-Vocês!
No entanto, sempre há aquela criatura que acha que aquela sua barriguinha de 38 semanas é uma tremenda farsa, você só está ali com aquela batinha branca que é uma das ultimas que ainda comportam a fonte alimentícia do Theo, porque aquela calça jeans nº 38 da Carmin estava suja. A ordinária passou na minha frente, pode? Não, não pode. Mas ela passou. Nossa Senhorinha das Estrias Roxas hão de recompensá-la por este ato.
Chega minha vez, entro no consultório dando aquela encaradinha praquele serzinho inferior, e sorrio para o doutor. Mede, pesa, afere a pressão e, a pergunta de um milhão de reais: QUANDO?
Escolha...
...
...
Entre os dias...
... (essa pausa olhando pro calendário é de matar)
...
21 de Outubro e 27 de Outubro.
...
Comassim, Bial?

TUDOISSO?
Meu filho vai nascer com todas as 40 semanas?

Cadê a compaixão?
Aí veio tudo de novo: Ansiedade (são mais 15 dias, BRASIL), a lembrança das dores no baixo ventre, os pés inchados, as tardes quentes de Teresina com a sensação térmica de 39º (não, não é exagero), as noites sem dormir (Sim, eu sei que isso não tende a melhorar).

Saí de lá desolada.



EDIT:Escolhi dia 23 de Outubro, ele escolheu às 7hs da manhã. :)