quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


Obrigada 2009 por ter sido o melhor ano do resto da minha vida.
Em 2009 a minha vida deixou de ser minha e passou a ser de um pequeno ser que cresceu e se desenvolveu dentro de mim. Um coração começou a bater dentro de mim. E não era o meu coração, era o da minha vida. Eu posso resumir sem exitar, pra mim 2009 o meu ano foi o meu filho.
Em 2009 eu descobri que Deus existe. Meu filho me fez acreditar que Deus realmente existe. E agora, só quero agradecer por todo o ano maravilhoso em que Deus protegeu meu filho, e me ajudou a ter forças pra superar muitas dificuldades que passei.
Em 2009 eu tive porres memoráveis, daqueles que até a Amy Winehouse se convidaria pra participar. Em 2009 eu dirigi bêbada, sem me importar com a minha vida ou com a vida de quem quer que fosse. Em 2009 eu fiz sexo pra desentressar, eu me estressei com coisas minimas, eu me importei demais com coisas banais. Em 2009 eu larguei vícios. Em 2009 eu tive uma tarde de amor intenso que resultou em um amor pra vida toda. Em 2009 um par de listras rosas verticais me disseram numa noite chuvosa que eu seria mãe. Em 2009 nasceu uma mãe. Em 2009 eu chorei insesantes vezes por motivos nenhum. Em 2009 me vi abrindo mão de roupas caras, passeios luxuosos só pra dá tudo do bom e do melhor que alguém que até então eu nunca havia visto o rosto merecesse. Em 2009 eu me vi engordando, trocando uma cintura que eu exibia com tanto orgulho por formas arredondadas e ainda sim, me achando a mulher mais linda do mundo. Em 2009 em me desfiz de longas madeixas loiras, que deram lugar a um corte prático. Em 2009 ganhei amigas com quem ganha algo que faltava há muito em sua vida. Ju, Dri, Dani Donda, Dani Morais EU AMO VOCÊS! Em 2009 eu vi o milagre da vida. Em 2009 eu dei a luz. Em 2009 um pequeno homem tomou conta de todas as lacunas, de todos os sentimentos, me fez amar-me mais, me fez querer ser alguém bem melhor. Em 2009 nasceu meu filho. É, 2009, sem dúvidas, foi o ano da minha vida.