sexta-feira, 12 de março de 2010

Eu sou mãe, e sou mulher.
Desde que voltei as minha atividades obrigatórias e (muito!) necessárias na clínica venho ouvido bastante o famoso "Mas já tá mocinha, hein?".
Daí né. A pessoa esperava pelo quê? Que eu fosse embarangar de vez depois do Theo?
Filho não destroi não, Brasil. Filho constroi!
Taí foto pra provar:

Tô bem melhor que antes da maternidade, Brasil.

E Theo tá melhorando da gripe. Esteve caidinho por uns dois dias. Voltei a urgência com toda pompa, mas desta vez o pessoal usou de ética e bom senso. Porque, né, não guentar dá outro escandalo pra reivindicar meus direitos.
Agora a voz do pequeno já voltou, a tosse tá persistente, mas já tá expectorando, e mamãe aqui já o proibiu de gripar de novo.