terça-feira, 11 de novembro de 2008

 

Me devolve minhas músicas. Aquelas que eu gostava antes de você, aquelas que eu ouvia e almejava ter alguém pra fazer história com elas. Aquelas que estão na memória do meu celular, mas que eu não tenho coragem pra ouvir. Coração lateja, é difícil. Me devolve as minhas preferências e referências. A minha vontade de assistir um filme no final daquele domingo modorrento. E pode ficar com a minha vontade de dormir pra não vê a vida passar, essa eu realmente deixo pra você. Me devolve a minha fome, o sol do meu sorriso, os meus dias e noites. Me devolve o meu sono bom. Fique com todas as lágrimas que eu já deixei rolar por você, não faço questão de tê-las. Fique com a vontade que eu ainda quase tenho de querer você.