quinta-feira, 15 de julho de 2010

Há meses sem notícias.
E nesses meses, meu filho continuou sendo a minha prioridade, a minha vida, o meu tudo, o meu mundo. Emagreci, cheguei aos 58kgs de antes de engravidar. Conheci lugares, conheci pessoas, conheci a mim mesma um pouco mais. Eu namorei, me apaixonei, desapaixonei, terminei. Não quis mais. Aprendi que chumbo trocado não dói. Senti o coração bater mais rápido por um sorriso que eu já fui dona. Theo engatinhou, já se põe em pé, daqui a pouco tá andando. O tempo passou rápido. Pintei o cabelo 3 vezes em dois dias. Continuo ouvindo as mesmas músicas. Vou pro show do Exaltasamba no final do mês. Mudei de quarto. Tenho uma parede vermelha e três beges. Minha cama ainda é de casal. Meu guarda roupa agora é de 4 portas, e minhas maiores despesas nos últimos meses foram de roupas. Meu celular caiu no esgoto e quando eu já tinha dado por perdido, ele voltou a funcionar. Meu toque é Shut Up, Let me Go do The Ting Tings. Ainda tiro foto de tudo. Fui pra shows de Metal que eu detestei. Me anulei demais, mas deixa. Se é com os erros que se aprende, nesses últimos meses eu aprendi demais. Ainda vascaína. Ainda dramática. Me aceitem de volta.