terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Feliz Idade, Minha Melhor Amiga ♡

Hoje eu quero falar da primeira vez em que eu vi a minha melhor amiga. Eu não lembro de fato onde foi, mas me lembro que a impressão que ela me passou. Achei ela meiga, mas nunca imaginei que ficaríamos mais próximas. Ela, namorada do primo do meu namorado. E encontros e mais encontros da família “Batista” aconteceram até que um dia o destino resolveu nos colocar lado a lado. E a gente se reconheceu, só isso explica. Deve ser algo de outra vida, pois num instante depois eu já via ali a minha melhor, melhor amiga. Ela é tão pura de coração que seria capaz de tirar a Excalibur da pedra, ela consegue ser mais dengosa do que eu, aliás, ao lado dela eu não sou nem um pouco dengosa. A voz dela é doce, calma, passa uma tranqüilidade só de ouvir o “oi, amiga” dela quando eu a ligo. A índole dela é admirável, aliás, infinitas coisas nela são admiráveis. Ela é a pessoa mais prestativa que eu já conheci. Hoje é o dia especial dela, e além de parabenizá-la e paparicá-la como ela merece, hoje eu quero muito agradecer a Deus por ter uma melhor amiga assim, do jeitinho dela.
Anália, amiga linda, amo você.
Que muitos aniversários seus eu possa estar ao seu lado.